Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


inovacao:respibiti
Façam seus comentários até 27/08/2018 para que os mesmos sejam discutidos na 3ª Reunião Ordinária da Câmara de Inovação em 28/08.

Minuta Resolução PIBITI

Dispõe sobre a regulamentação do Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da UNIRIO.

Art. 1º

Fica aprovada a regulamentação do Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Unirio.

2018/08/17 18:43 · 0 Comentários

Art. 2º

O Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (ITI) da UNIRIO é um instrumento pedagógico que se desenvolve por meio de projetos de pesquisa com viés de inovação. O Programa representa o compromisso institucional de propiciar formação qualificada, estimulando os alunos de graduação nas atividades, metodologias, conhecimentos e práticas próprias ao desenvolvimento tecnológico e processos de inovação.

2018/08/17 18:45 · 0 Comentários

Art. 3º

O Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (ITI) tem por objetivos:

  • I. Identificar, estimular e apoiar alunos de graduação com potencial para inovar e empreender;
  • II. Contribuir para a formação e inserção de estudantes em atividades de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação;
  • III. Contribuir para a formação de recursos humanos que se dedicarão ao fortalecimento da capacidade inovadora das instituições no País, e;
  • IV. Contribuir para a formação do cidadão pleno, com condições de participar de forma criativa e empreendedora na sua comunidade.
2018/08/17 18:48 · 0 Comentários

Art. 4º

A atuação do discente no Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação é classificada em diferentes modalidades:

  • I. Discente Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Bolsista Programa Institucional de Bolsas de em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI) /CNPq:
  • II. Discente Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Bolsista/UNIRIO;
  • III.Discente Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação sem bolsa;
  • IV. Item de lista não ordenadaV.Discente Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação com apoio de outras agências de fomento.

§ único - O Programa de Bolsas PIBITI/CNPq possui regulamentação própria de acordo com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

2018/08/17 18:55 · 0 Comentários

Art. 5º

O coordenador do Projeto de Pesquisa ao qual a bolsa ITI estará vinculada deve pertencer ao quadro de servidores efetivos da UNIRIO.

§1° O servidor com titulação de Doutor poderá receber, no máximo, 3 (três) quotas de bolsas. O servidor com titulação de Mestre poderá receber, no máximo, 2 (duas) quotas de bolsas.

2018/08/17 19:03 · 0 Comentários

Art. 6º

São atribuições do coordenador dos projetos de pesquisa aos quais as bolsas ITI estarão vinculadas:

  • I. Conhecer esta Resolução, bem como as demais instruções normativas que regem o Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação;
  • II. Elaborar e cadastrar o projeto de pesquisa, conforme previsto nas normativas da UNIRIO;
  • III. Indicar, para bolsista, o discente com perfil e desempenho acadêmico compatíveis com as atividades previstas, seguindo princípios éticos e evitando conflito de interesse. Em caso de substituição do candidato à bolsista, o orientador poderá manter ou substituir o plano de trabalho: no caso de substituição do plano de estudos, este sofrerá avaliação pela Câmara de Inovação;
  • IV. Orientar o bolsista nas distintas fases do trabalho, incluindo elaboração de relatório, material para apresentação dos resultados em livros de resumos, artigos técnico-científicos, congressos, seminários, entre outros;
  • V. Orientar o discente em relação a questões de sigilo de produtos com potencial de proteção industrial;
  • VI. Incluir o nome do bolsista nas publicações e nos trabalhos apresentados em congressos e seminários, em cujos resultados tenha havido participação efetiva do bolsista:
  • VII. Participar da Jornada de Inovação da UNIRIO e estar presente na apresentação do bolsista. Em caso de ausência, a justificativa, com comprovação, deve ser encaminhada à Diretoria de Inovação Tecnológica, Cultural e Social (DIT) no prazo máximo de 48 horas, após a data da exposição;
  • VIII. Comunicar à DIT o trancamento de matricula no Curso de Graduação da UNIRIO, caso isso aconteça com o bolsista sob sua responsabilidade, e informar a data da colação de grau, com antecedência de pelo menos um mês para que haja tempo de substituição da Bolsa ITI;
  • IX. Comunicar à DIT os casos de afastamento do docente por período superior a 120 dias, e indicar o docente pesquisador da mesma área de conhecimento que irá substituí-lo no período. Não havendo indicação de outro professor para a orientação, a quota da Bolsa ITI retomará para a DIT, que providenciará a substituição dos bolsistas de acordo com os critérios aprovados pela Câmara de Inovação. Nos casos de Bolsas PIBITI/CNPq, de acordo com a RN 017/2006 CNPq: É vedado ao orientador repassar a outro docente a orientação de seu(s) bolsista(s). Em casos de impedimento eventual do orientador, a(s) bolsa(s) retorna(m) à coordenação de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da instituição;
  • X. Participar da avaliação dos trabalhos e das atividades integradas durante a Jornada de Inovação.
2018/08/17 19:15 · 0 Comentários

Art. 7º

O discente deverá ser um aluno com matricula ativa em um dos cursos de graduação da UNIRIO.

§1° A carga horária do bolsista será de 20 horas semanais. Para o discente não bolsista, a carga horária estará compreendida entre 12 e 20 horas semanais, a ser estipulada pelo professor-coordenador, incluídos os meses de férias escolares.

§2° A atividade de iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação pode ser incorporada ao currículo do aluno como Atividade Complementar.

§3° O exercício da iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação não constitui cargo ou emprego nem representa vinculo empregatício de qualquer natureza com a UNIRIO.

§4° A bolsa do discente corresponderá ao período em que o registro do aluno estiver ativo no cadastro de iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação.

§5° O discente exercerá exclusivamente as atividades relacionadas ao plano de estudo que está registrado no Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação, sob orientação do professor responsável.

2018/08/17 19:17 · 0 Comentários

Art. 8º

São atribuições do discente:

  • I.Conhecer esta Resolução, bem como as demais normas que regem o Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (ITI) na modalidade a que está vinculado;
  • II. Dedicar 12 a 20 horas semanais às atividades de pesquisa dependendo da modalidade a que está vinculado;
  • III. No momento da atribuição e no decorrer do período de vigência da concessão da bolsa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação, NÃO receber bolsa de outros programas da UNIRIO ou do CNPq ou de quaisquer outras agências de fomento, e não possuir qualquer vínculo empregatício ou realizar estágio não curricular remunerado;
  • IV. Apresentar, OBRIGATORIAMENTE, a sua produção técnico-científica durante a Jornada de Inovação da UNIRIO conforme o Regulamento da Jornada;
  • V. Nas publicações e trabalhos apresentados, fazer referência à condição de bolsista de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação, citando o órgão de fomento;
  • VI. Entregar relatório referente às suas atividades desenvolvidas durante o período de vigência da sua bolsa;
  • VII. Devolver ao CNPq ou a UNIRIO, através da DIT, em valores atualizados, as mensalidade(s) recebida(s) indevidamente, caso os compromissos estabelecidos neste Edital não sejam cumpridos.
2018/08/17 19:22 · 0 Comentários

Art. 9º

O discente será desligado do Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (ITI) nas seguintes situações:

  • I.Insuficiência no desenvolvimento das atividades, a critério do professor-coordenador;
  • II. Desistência ou abandono das atividades de pesquisa;
  • III. Encerramento de seu vínculo com a graduação da UNIRIO;
  • IV. Cancelamento e/ou conclusão do Projeto de Pesquisa ao qual estiver vinculado;
  • V. Descumprimento das regras estabelecidas nesta Resolução.
2018/08/17 19:25 · 0 Comentários

Art. 10º

A Diretoria de Inovação Tecnológica, Cultural e Social (DIT) da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação (PROPGPI) será responsável por coordenar o Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (ITI).

2018/08/17 19:26 · 0 Comentários

Art. 11º

A submissão e a seleção de Bolsas de Iniciação Desenvolvimento Tecnológico e Inovação serão disciplinadas por meio de edital elaborado e divulgado pela PROPGPI.

2018/08/17 19:29 · 0 Comentários

Art. 12º

A seleção das bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação será realizada por Comissão indicada pela Câmara de Inovação e nomeada por portaria da Reitoria.

2018/08/17 19:29 · 0 Comentários

Art. 13º

Os valores e quantitativo de bolsas serão definidos pelos Conselhos Universitário e de Ensino, Pesquisa e Extensão.

§1° O número de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação destinado aos estudantes, bem como o valor atribuído, obedecerá à política de bolsas da UNIRIO e do CNPq e estará sujeito à disposição orçamentária.

§2° As bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação distribuídas e não utilizadas no prazo de 30 dias, contados a partir da homologação dos resultados pela PROPG, serão redistribuídas de acordo com os critérios do Edital de Seleção.

2018/08/17 19:30 · 0 Comentários

Art. 14º

O acompanhamento e a avaliação do Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação serão efetuados pela PROPGPI nos seguintes níveis:

  • I. Avaliação do relatório discente das atividades de pesquisa por intermédio de um instrumento de avaliação, disponibilizado eletronicamente, direcionado aos professores orientadores e aos discentes;
  • II. Acompanhamento do Programa, junto à Câmara de Inovação e ao CNPq, apontando os objetivos alcançados, as dificuldades encontradas e sugestões, por intermédio de avaliação;
  • III. Determinação das regras para elaboração e apresentação dos trabalhos, pelos
  • IV.Discentes, na Jornada de Inovação da UNIRIO;
  • V. Ao final de cada edição do Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação, o discente e o professor orientador farão jus ao certificado emitido pela PROPGPI, que será disponibilizado após solicitação do coordenador do projeto ou discente.
2018/08/17 19:31 · 0 Comentários

Art. 15º

Esta Resolução norteará editais específicos publicados pela PROPGPI, que fornecerão informações complementares sobre o Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (ITI.

2018/08/17 19:32 · 0 Comentários

Art. 16º

A PROPGPI é o órgão competente para dirimir conflitos e responder a dúvidas da aplicação das regras estabelecidas nesta Resolução, bem como decidir a respeito de qualquer situação não prevista neste Regulamento.

2018/08/17 19:33 · 0 Comentários

Art. 17º

Esta Resolução entra em vigor na data da sua publicação no Boletim da UNIRIO.

2018/08/17 19:33 · 0 Comentários
inovacao/respibiti.txt · Última modificação: 2018/08/17 19:38 por dit